quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Correr atrás do prejuízo.

Olá meninas, que saudades de vocês, que saudade do blog!!!
Com foi o ano novo de vocês?
O meu de certa forma foi bom, a não ser pela comilança né.
Eu viajei nesse final de ano, fui para a casa da minha irmã, em Dourado - SP. A cidade é bem pequena, por isso ninguém conhece. Para não levantar suspeitas eu tive que comer normalmente né, o que me deixou bastante mal. E como lá não tinha muito o que fazer, não consegui praticar exercícios nem nada, e isso foi um dos motivos para voltar um dia antes. Pra variar, passei o ano novo brigado com meu namorado, mas foi por minha causa, minha paranoia, é sempre isso que faz a gente brigar. E eu que sou Borderline, vocês já podem imaginar, né! Vou preparar um post que fale somente sobre o TPB, para esclarecer melhor o meu transtorno e vocês saberem como eu sou, o problema é que os sites brasileiros são muito preconceituosos, mas eu vou tentar dar uma peneirada. A Dra. Ana Beatriz Barbosa, que é psiquiatra, vai lançar nesse ano um livro que fala sobre esse transtorno, e vai se chamar Mentes Ciumentas. Se alguém souber sites confiáveis sobre o Transtorno de Personalidade Borderline, por favor, me digam, eu agradeço muito.
Bom, como eu estava dizendo, é sempre a minha paranoia, o meu ciúme que faz a gente brigar. Sempre entendo as atitudes dele como rejeição e minha insegurança faz eu me sentir como se qualquer problema eu já fosse perdê-lo para sempre, e racionalmente eu sei que não é assim, mas meu emocional entende dessa forma, mas eu vou tentar me vigiar mais, e tentar perceber quando é fantasia e quando é realidade. A gente já conversou e estamos bem. Mas o que me preocupa no momento é que tenho sentido muita vontade de me cortar, inclusive nessa viagem, onde ficamos sem se falar, o que aumentou minha angústia, e essa dor me dá muita vontade de me cortar. Já faz alguns meses que não me corto e não quero voltar, preciso de ajuda. Eu vou tentar me controlar ao máximo, me vigiar mais, me focar mais em outras coisas, como por exemplo minhas metas. Eu não passei o ano novo com 60 kgs, mas pelo menos voltei com 61. Eu emagreci 12 quilos em 2011 e eu não tinha nenhuma meta nem nada, queria emagrecer até onde eu conseguisse, mas pra 2012 eu tenho. Quero emagrecer no mínimo 7 quilos, terminar o ano com 54kgs. Meu namorado não me apoia, ele diz que eu já estou magro, que daqui a pouco não vai ter onde pegar, me pediu para prometer que vou me alimentar direito. Bom, eu avisei, daqui pra frente é só emagrecer. Vou planejar direitinho tudo, para cumprir no prazo. Dia 6 tenho psicóloga, preciso entregar um atividade que ela me pediu, que aliás vou fazer assim que terminar de postar. E também vou tentar me exercitar um pouquinho todo dia, preciso me comprometer o dobro que o ano passado, agora a ana está em mim mais do que nunca. Amanhã vou postar um documentário extremamente interessante, que fala sobre anorexia e bulimia, por sorte eu consegui encontrar em português, pois no youtube só tem em espanhol.
Bom meninas, por hora é isso, fiquem bem, até mais, beijos!


Nenhum comentário :

Postar um comentário